Deprecated: Function mysql_list_tables() is deprecated in /home/supertelnet/www/padrevictor/classes/class.db.php on line 28

Deprecated: Function mysql_list_tables() is deprecated in /home/supertelnet/www/padrevictor/classes/class.db.php on line 28

Deprecated: Function mysql_list_tables() is deprecated in /home/supertelnet/www/padrevictor/classes/class.db.php on line 28

Deprecated: Function mysql_list_tables() is deprecated in /home/supertelnet/www/padrevictor/classes/class.db.php on line 28

Deprecated: Function mysql_list_tables() is deprecated in /home/supertelnet/www/padrevictor/classes/class.db.php on line 28

Deprecated: Function mysql_list_tables() is deprecated in /home/supertelnet/www/padrevictor/classes/class.db.php on line 28

Deprecated: Function mysql_list_tables() is deprecated in /home/supertelnet/www/padrevictor/classes/class.db.php on line 28

Deprecated: Function mysql_list_tables() is deprecated in /home/supertelnet/www/padrevictor/classes/class.db.php on line 28

Deprecated: Function mysql_list_tables() is deprecated in /home/supertelnet/www/padrevictor/classes/class.db.php on line 28

Deprecated: Function mysql_list_tables() is deprecated in /home/supertelnet/www/padrevictor/classes/class.db.php on line 28

Deprecated: Function mysql_list_tables() is deprecated in /home/supertelnet/www/padrevictor/classes/class.db.php on line 28
Virtudes do Padre Victor
PADRE VICTOR | ANJO TUTELAR DE TRES PONTAS | MG | BRASIL

Virtudes do Padre Victor

(+)Veja mais

PADRE VICTOR – UM MODELO DE VIRTUDE CRISTÃ

  • Em maio de 1852, por ocasião da ida do Servo de Deus como Vigário Encomendado de Três Pontas: ‘(...) O Pe. Francisco de Paula Victor com o seu exterior escuro encobre uma alma pura” – sic - (Dom Antônio Ferreira Viçoso, Bispo de Mariana)
  • Este amigo de quem falo, chamava-se Francisco de Paula Victor (...) Crioulo retinto e em quase tudo um perfeito tipo da raça, êle nunca foi bonito; mas verdadeiro coração de ouro, êle tem e sempre teve a sua alma tão branca quanto é negra a côr da sua pele” – sic - (Francisco de Paula Ferreira Rezende, colega e amigo do Padre Victor, no tempo de seminário – grifos nossos).
  • Os grandes homens não morrem! Deixam de existir na terra, para viverem, no coração agradecido dos povos, e nas páginas incorruptíveis da História... Padre Victor é desses homens; não morreu portanto!... Está vivo, neste povo inteiro, que viu, que ouviu, que sentiu, e admirou, e louvou, e chorou tão nobre, tão imponente, tão respeitável, e, ao mesmo tempo, tão humilde, tão simples, tão modesto vulto, cuja só lembrança basta para nos honrar a Pátria, e nos cobrir de bênçãos” (Monsenhor Mesquita).
  • Padre Victor - um Santo?’ Foi ele um escolhido de Deus. Um eleito. Deus tem predileção pelos pobres e há razões para isto. (...). É um educador da fé mais pelo exemplo do que pela palavra.” (Dom José da Costa Campos).
  • Padre Victor é um fenômeno. O Povo de Deus, embora já tenham decorrido tantos anos após sua morte, o tem em cada vez maior estima e veneração. Concretiza-se o que dizem as Escrituras: ´a oração fervorosa do justo tem muito valor’ (Tg 5,16). Com o correr dos anos, em vez de esta devoção diminuir, aumenta cada vez mais. (...) O povo cristão não está enganado. Tem como que um sexto sentido, para perceber a santidade onde quer que ela se encontre. O túmulo do Pe. Victor (sic) é muito procurado, porque de lá saem lições preciosas de vida cristã. Olho com particular simpatia o seu exemplo de vida cristã, por ser de raça negra, padre diocesano, cheio de amor pelos pobres e incentivador da promoção humana. ‘Brilhe vossa luz perante os homens, para que vendo vossas boas obras, glorifiquem vosso Pai que está nos céus’ (Mt. 5,16)” (Dom Aloísio Roque Oppermann – Bispo de Campanha).
  • (...) Foi, pois, em 23 de setembro de 1905 que passamos a ter um protetor, um anjo da guarda de todo trespontano, um santo conterrâneo no céu” (Amélio Garcia de Miranda).
  • (...)Viveu praticando o bem e a caridade e, ao morrer, venerado como um santo, foi levado à sepultura, no esquife do Senhor Morto, por uma verdadeira multidão até à Igreja local, onde se encontram seus restos mortais” (Antônio Casadei em “Notícias Históricas da Cidade de Campanha - Tradição e Cultura” dedica um Capítulo a “Padre Victor, Educador, nas páginas 98 a 100).
  • Ele foi um cumpridor das leis da Igreja e queria que seu povo também o fosse ... punha o povo no caminho de Deus...” (Teodósio Bandeira Campos).
  • Aproximaram-se os dias da “Novena” e da Festa do Pe. Victor. O mês de setembro é marcado por esse tempo de conversão e avivamento da fé, na nossa cidade.É um tempo forte no qual, atraídos pelo testemunho do virtuoso sacerdote, inúmeros fiéis de toda a região, sinceros devotos ou apenas entusiasmados admiradores, empenha-se num grande e profundo processo de evangelização. (...) Padre Victor soube servir à Igreja como sacerdote, educador e cidadão. Dedicando a vida o serviço do Reino, no amor a Deus e aos irmãos, testemunhou pela bondade. Seu exemplo é sinal sensível da graça divina, permitindo perceber que somos todos chamados à santidade. Filho de uma escrava, negro, pobre e humilde, seu modelo está muito junto de nós e pode ser copiado. Deve ser esse motivo pelo qual a religiosidade popular já o consagrou” (Nilce Oliveira Piedade).
  • PADRE VICTOR, exemplo vivo de caridade gravado na memória do povo Dedicou sua vida aos pobres e à educação na fé” (Maria Rogéria de Mesquita).
  • (...) No alvorecer do novo Milênio, Padre Victor permanece modelo de sacerdote zeloso. Acolhedor e prestativo, dedicava-se à educação das crianças e cuidava dos pobres, aliviando suas necessidades. Padre Victor foi homem de Deus e homem da Igreja. Como sacerdote, levava a Deus as súplicas do povo. Como profeta, trazia ao povo a mensagem de Deus. Como Pastor, conduzia a comunidade no caminho do bem e da virtude. (...)” (Dom frei Diamantino Prata de Carvalho, ofm - Bispo Diocesano da Campanha).
  • (...) Pe. Victor é muito mais um planalto de numerosas virtudes e dimensões, grandes certamente mas admiravelmente harmonizadas. Ex-escravo humilde mas descomplexado, capaz de iniciativas invejáveis no âmbito da fé e da atuação social, um filho da paz que não guardou rancores, educador reconhecido, pároco zeloso, que traduziu o evangelho na caridade e no serviço aos irmãos. ... A fama de santidade de Pe. Victor em vida, na morte e depois da morte, justifica plenamente a beatificação e canonização deste Servo de Deus, bendito no céu e já bendito entre os homens” (Mons. Dr. Roberto Mascarenhas Roxo).
  • Padre Victor viveu o que Jesus recomendou aos seus Apóstolos enviados em missão: ‘Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. De graça recebestes, de graça dai’ (Mt. 10,8).
    Viveu porém, também outra passagem: “Não providencieis ouro, nem prata, nem dinheiro para guardar em vossos cintos, nem alforje para o caminho, nem duas túnicas, nem sandália, nem bordão, porque o operário tem direto ao seu alimento” (Mt. 10, 9-10) e segundo esta orientação, tudo fez tudo sem possuir nada ou exigir alguma coisa, mostrando-se sempre disponível, alegre, social e até brincahão” (Irmã Célia B. Cadorin – vice-postuladora da causa de beatificação).
  • O Servo de Deus Padre Victor é um grande homem de fé. O seu testemunho de fé edificou a Igreja nos anos que se passaram e anima a caminhada no futuro que Deus coloca à frente. Padre Victor agradou a Deus por meio de sua Fé (cf. Hb 11,6)” (Padre Roberto Donizetti de Carvalho).
  • Padre Victor: Homem de Deus para a Igreja. E Homem da Igreja pra Deus” (Padre Roberto Donizetti de Carvalho).
  • Os santos são reflexos de Deus’. Padre Victor é luz radiante que ilumina nossas vidas” (Maria Amélia Mesquita Carvalho Ladeira).

Links relacionados:

Todos os direitos reservados © - SUPERTELNET.COM


Feito por Supertelnet.com